28/07/2008

BEM DITO (para quem tem um bocadinho vale a pena ler)

Enviaram-me por mail este texto do Jornalista Mário Crespo, dá que pensar.....

Limpeza étnica


O homem, jovem, movimentava-se num desespero agitado entre um grupo de mulheres vestidas de negro que ululavam lamentos. 'Perdi tudo!' 'O que é que perdeu?' perguntou-lhe um repórter. 'Entraram-me em casa, espatifaram tudo. Levaram o plasma, o DVD a aparelhagem...' Esta foi uma das esclarecedoras declarações dos autodesalojados da Quinta da Fonte. A imagem do absurdo em que a assistência social se tornou em Portugal fica clara quando é complementada com as informações do presidente da Câmara de Loures: uma elevadíssima percentagem da população do bairro recebe rendimento de inserção social e paga 'quatro ou cinco euros de renda mensal' pelas habitações camarárias. Dias depois, noutra reportagem outro jovem adulto mostrava a sua casa vandalizada, apontando a sala de onde tinham levado a TV e os DVD. A seguir, transtornadíssimo, ia ao que tinha sido o quarto dos filhos dizendo que 'até a TV e a playstation das crianças' lhe tinham roubado. Neste país, tão cheio de dificuldades para quem tem rendimentos declarados, dinheiro público não pode continuar a ser desviado para sustentar predadores profissionais dos fundos constituídos em boa fé para atender a situações excepcionais de carência. A culpa não é só de quem usufrui desses dinheiros. A principal responsabilidade destes desvios cai sobre os oportunismos políticos que à custa destas bizarras benesses, compraram votos de Norte a Sul. É inexplicável num país de economias domésticas esfrangalhadas por uma Euribor com freio nos dentes que há famílias que pagam 'quatro ou cinco Euros de renda' à câmara de Loures e no fim do mês recebem o rendimento social de inserção que, se habilmente requerido por um grupo familiar de cinco ou seis pessoas, atinge quantias muito acima do ordenado mínimo. É inaceitável que estes beneficiários de tudo e mais alguma coisa ainda querem que os seus T2 e T3 a 'quatro ou cinco euros mensais' lhes sejam dados em zonas 'onde não haja pretos'. Não é o sistema em Portugal que marginaliza comunidades. O sistema é que se tem vindo a alhear da realidade e da decência e agora é confrontado por elas em plena rua com manifestações de índole intoleravelmente racista e saraivadas de balas de grande calibre disparadas com impunidade. O país inteiro viu uma dezena de homens armados a fazer fogo na via pública. Não foram detidos embora sejam facilmente identificáveis. Pelo contrário. Do silêncio cúmplice do grupo de marginais sai eloquente uma mensagem de ameaça de contorno criminoso - 'ou nos dão uma zona etnicamente limpa ou matamos.' A resposta do Estado veio numa patética distribuição de flores a cabecilhas de gangs de traficantes e autodenominados representantes comunitários, entre os sorrisos da resignação embaraçada dos responsáveis autárquicos e do governo civil. Cá fora, no terreno, o único elemento que ainda nos separa da barbárie e da anarquia mantém na Quinta da Fonte uma guarda de 24 horas por dia com metralhadoras e coletes à prova de bala. Provavelmente, enquanto arriscam a vida neste parque temático de incongruências socio-políticas, os defensores do que nos resta de ordem pensam que ganham menos que um desses agregados familiares de profissionais da extorsão e que o ordenado da PSP deste mês de Julho se vai ressentir outra vez da subida da Euribor.

Mário Crespo

JN 21/7/2008

26/07/2008

Cantos da Casa

Já vivemos nesta casa há pelo menos 3 anos, e só agora é que começamos a "pendurar" fotos e quadros nas paredes....e ainda não está como queremos, aos poucos vamos modificando para ficar ao nosso gosto...ainda falta muita coisa, o próximo grande projecto vai ser a dispensa e mais uma vez a cozinha.

Hoje resolvi colocar as minhas telas na parede bem como umas fotos minhas a preto e branco que tinha mandado ampliar, penso que tenho 4 ou 5 anos, na de cima estou eu a minha irmã e a minha avó.













24/07/2008

*Técnica de Imersão

Da parte de tarde as meninas foram brincar em casa de umas amigas, aproveitei para fazer mais umas telinhas e uma travessa com a técnica de imersão e o resultado foi este...

As cores que escolhi para a travessa foram o vermelho e o preto, depois "esponjei" com tinta Dourada Metalizada, já a pensar no Natal....

















As telas foram pintada em Preto/Vermelho/Amarelo e Azul Turquea/Verde esmeralda.
Gostei bastante do resultado com a cor Preto/Vermelho, o Amarelo ficou mais ou menos mas a Azul não gostei mesmo nada....































20/07/2008

Sábado

Como fomos á Praia a semana toda, resolvi que o fim de semana é para descansar (da Praia), resolvemos ir da parte da tarde a um rio que fica perto de Estorãos http://www.freguesiasdeportugal.com/distritoviana/07/Estoraos/estoraos.htm, já lá não íamos desde que a Inês nasceu ou antes....está muito mudado, não tem areia para se estender as toalhas, muita erva, muito lodo, muito escorregadio para a Inês (mesmo calçada), mas deu para brincar, ver peixinhos e atirar pedrinhas.


17/07/2008

Monserrate!



Hoje estava uma nortada que não se podia ficar na Praia, tenho ido para Afife com as miúdas e felizmente tem estado bom tempo, pouco vento, maré baixa e muito calor, vamos sempre de manhã cedo e regressamos por volta das onze.


Como estava mal tempo aproveitei para ir á minha escola onde fiz o secundário, em Monserrate Viana do Castelo, estou a pensar fazer um CET em Multimédia, tive que ir pedir Certidões para comprovarem que acabei o secundário sem nenhuma disciplina atrasada, pelos vistos têm havido "marosca" com os certificados, não percebo como conseguem....

Para meu espanto, consegui as Certidões em menos de meia hora, foram super simpáticas, só tive que ir compar o impresso A15, ainda se lembra onde é a Papelaria, perguntou a menina da secretaria, como acabou o secundário em 1990 (já???) muita coisa deve ter mudado...penso que não mudou tanto assim, a secretaria continua no mesmo sitio, só que agora é open space, a papelaria é no mesmo sítio, não??? não sei, respondeu a menina, agora é junto ao bar,...e lá fui até á papelaria; mas foi giro rever os sítios onde passávamos os intervalos a fumar (agora já não) e a conversar com os amigos da altura....desses tempos já só me resta uma amiga, dos outros perdi-lhes o rastro.

10/07/2008

Prémio Excelência- Blog de Artesanato

Foi atribuído pela querida Minda (http://coisasgirasdaminda.blogspot.com/), já agradeci mas agradeço mais uma vez, muito obrigada .


Não sei se o tenho que atribuir a algum blog, mas é atribuído a todas as pessoas que visitam o Artemix.



08/07/2008

Parque

Hoje o Parque estava assim:



















praticamente sem ninguém, assim só durante a semana, ao fim de semana está cheio de gente.

















Quando vamos ao Parque tenho que levar sempre um lanche, são meninas de muito sustento...

























Enquanto elas brincam, aproveito para ler o livro "O Sétimo Selo" do José Rodrigues dos Santos, que estou a "devorar" já á muito tempo que um livro não me entusiasmava ao ponto de não querer de parar de ler...se fosse no tempo em que não tinha a Inês, era certo e sabido que o lia numa noite...
Dele li o Codex, mas este sem dúvida é muito melhor, o tema é actual e dá que pensar.....

02/07/2008

Ana

Hoje tive direito a um desenho feito pela minha sobrinha que vinha acompanhado por umas quadrinhas em canção, sabes Inha (Madrinha) ainda não sei escrever, mas quando for para a escola dos grandes já vou aprender...



















Triângulo:

Eu sou o triângulo

tenho 3 biquinhos

de chapéu eu sirvo

para os palhacinhos

Quadrado:

Eu sou o senhor quadrado

bonito demais

tenho quatro lados

e todos iguais

Circulo:

Eu sou o Circulo

sou igual á lua

sou o mais bonito

lá da minha rua

Rectângulo:

Eu sou o Rectângulo

cresci mais de um lado

para ganhar pontos

ao Senhor quadrado

PIF

Não está esquecido, espero conseguir enviar os miminhos para as meninas que responderam a este jogo no próximo mês de Agosto.

01/07/2008

:)))

Vamos jogar ás Mães e ás Filhas, vai pedir á tua mãe se pudemos vestir as roupas dela....digo sempre que sim, mas só se no final arrumarem tudo como estava, até hoje tem corrido bem, no dia em que não correr já sabem que não autorizo mais.

O que mais me diverte são os "diálogos" delas, muitas vezes sou retratada em pequenas frases que digo, mas a maior parte das vezes dizem e fazem coisas aos pobres bonecos que não sei onde vão buscar....do tipo "vais levar uma estalada", "és mesmo palerma" e por aí fora, são palavras que nunca utilizamos cá em casa, só as podem aprender na escola com os amigos...


Hoje ficamos em casa, não está tempo de praia, mas elas estão bem em qualquer lugar desde que estejam as duas, são primas mas é como se fossem irmãs, gostam muito uma da outra, também se zangam...faz parte...

Knitting Bolero 100% cottton

Bolero feito com fio 100% algodão, é uma amostra para medidas..... Bolero made with 100% cotton yarn, thi is a sample for measures.. .. ...